como ler melhor para concursos

Como ler melhor e reter mais informação da sua leitura para concursos

Quem estuda para concursos sabe que a leitura é uma parte essencial do estudo. Quanto mais informações você conseguir capturar, entender e aprender, mais fácil será acertar as questões de prova.

Contudo, nem sempre tiramos proveito de nossa leitura. É muito fácil lermos passivamente sem de fato termos certeza de que essas informações estão sendo transformadas em conhecimento.

Mas você já deve saber que ler passivamente não significa aprender a matéria. Neste artigo, separamos 6 dicas para que você consiga aumentar a sua capacidade de reter as informações da sua leitura. Acompanhe e aplique todas elas!

1. Defina: qual é o seu propósito com a leitura?

Muitos concurseiros abrem um livro e começam a ler só porque faz parte da apostila. Mas é importante que você tenha um propósito com a sua leitura.

Pergunte-se: o que eu quero aprender daqui? Quais informações são importantes para o meu concursos?

Por isso mesmo é importante que você tenha um edital organizado ao seu lado ou planejamento de estudos. Assim, você sabe exatamente qual é o conteúdo que precisa ler e quais as informações que deve aprender antes mesmo de começar a sua leitura.

Você vai ficar bem mais atento à leitura tendo um propósito claro.

2. Use marca-texto com moderação e faça anotações

Uma leitura passiva, além de dar sono, não ajuda no seu aprendizado. É importante que você se mantenha engajado com a leitura. E uma excelente maneira de fazer isso é usando o marca-texto e fazendo anotações ao longo da leitura.

Pode parecer que esse tipo de estratégia vai diminuir a sua velocidade, mas na verdade você está pensando lá na frente, quando for revisar.

Então, use o marca-texto ao logo da leitura. Tenha cuidado para não deixar seu texto todo marcado. É importante que você marque apenas aquelas informações mais importantes, que respondem ao seu propósito.

Além disso, quando você faz anotações ao longo da leitura com suas próprias palavras, isso mostra que você entendeu e processou bem o que leu. Não tenha pena de fazer alguns rabiscos no livro, se precisar. Esse tipo de interação não só é bom na hora da leitura como também mais tarde, quando você for revisar.

Na hora da revisão, você pode olhar somente os grifos e anotações, ao invés de reler todo o texto outra vez.

3. Explique o que aprendeu

Aprenda a explicar para você mesmo e também para outras pessoas aquilo que você aprendeu com a leitura. Em voz alta, gravando no seu celular ou em formato de resumo escrito.

Você pode tentar todas essas e ver o que funciona melhor para você. O importante é aprender a se ver como um professor, capaz de explicar para outras pessoas de maneira simples o conteúdo.

Ao ter esse objetivo de explicar, você se força a realmente entender o que está lendo. Você se prepara mais durante a leitura justamente porque precisará explicar com suas próprias palavras o que aprendeu do texto.

4. Faça visualizações e conexões

O que você está lendo está conectado com a realidade. Não é um conto de fadas ou informações infundadas. Então, aprenda a visualizar aquilo que está lendo e sua aplicabilidade na vida real.

Use a sua própria vida e experiências para fazer fazer conexões com o que você está lendo. Além de melhorar o seu entendimento, esse tipo de prática vai fazer com que você tenha mais interesse pela leitura. Aafinal, essas informações não só vão cair na prova, elas são importantes para você enquanto cidadão ou cidadã.

5. Não demore, faça logo questões

Logo que realizar a sua leitura, você precisa fazer questões para testar o conhecimento adquirido da maneira que eles vão ser pedidos na prova: através de questões.

Por isso, não apenas leia e leia e leia, sem parar. A sua leitura precisa ser provada. Faça questões de fixação tão logo você terminar sua leitura.

Tenha logo certeza de que conseguiu entender todas as informações importantes do conteúdo antes de passar para frente. É por isso que se testar é essencial.

6. Conecte as principais ideias do texto com mapas mentais

Os mapas mentais são uma excelente forma de conectar tudo o que você aprendeu com a leitura de maneira visual e rápida. Eles são excelentes para revisões futuras.

Ao fazer mapas mentais, você, de novo, força seu cérebro a entender bem a lógica e sequência das informações lidas. Você também utiliza aquelas visualizações e conexões que já havia feito ao longo da leitura e traz para o papel o seu entendimento geral.

Com essas dicas, você vai conseguir aprender mais os conteúdos que lê. O engajamento é o ponto principal da sua leitura.

Quanto mais ativo você estiver ao ler, mais você vai conseguir aprender e preparar revisões eficazes para os seus estudos.

Agora queremos saber de você. Você usa outro método para reter mais informação das suas leituras? Compartilhe com a gente nos comentários!

Compartilhar

Um comentário em “Como ler melhor e reter mais informação da sua leitura para concursos

  1. Muito interessante o artigo. Costumo fazer resumos. Mas já estou achando que estão muito extensos. Grifar com marca texto, também tenho o costume. Mas acabo grifando demais.

Deixe uma resposta